terça-feira, 25 de outubro de 2011

Curiosidades - páginas amarelas nos livros.

Uma coisa meio chata que só atentei depois que um colega me falou. Livro comprado pela internet sempre vem com a página amarela. Ou creme, que seja. Você nem escolhe se quer assim ou não.

Palavras dele. E que são verdadeiras. De todos os exemplares que adquiri, poucos são aqueles que vêm com as páginas branquinhas.


Se você me perguntar o porquê, não sei. Mas decidi pensar um pouco sobre o assunto, e pesquisar. Encontrei até enquete sobre o assunto, aqui.

Pra quem gosta da branquinha, o argumento é do livro novo. Como que recém-impresso. Páginas bonitas, até pra deixar na estante. Brilhando como roupa com sabão alvejante.

Só que esse brilho incomoda quem gosta das amarelinhas. Principalmente quando bate uma luz forte enquanto você lê- é o que dizem. O reflexo atrapalha. Além disso há o aspecto (e para alguns até o cheiro) de livro velho. Velho, não, histórico.

(Como tenho rinite alérgica, isso não me diz muita coisa, até evito...)

Tem gente que diz conseguir ler mais rápido nas páginas amarelas. Outros, não querem que a prateleira fique com aspecto de coisa velha. E por aí vai.

Fato é que quando um livro é entregue por correio, fico com a impressão de que ele estava no estoque há um bom tempo. Porque em geral ele vem com as páginas amareladas.

Claro que há exceções. Por exemplo, pedi numa mesma leva Freako e Wikinomics - que inclusive entrarão nessa semana numa sessão "novas aquisições", estou pensando em como será a foto.

Um veio com páginas amarelas. O outro, brancas.

Eu não escolhi. Não tive essa liberdade. Só se eu fosse a uma livraria. Pagaria mais caro por essa e outras coisas.

Talvez as livrarias devessem pensar em produzir séries próprias com páginas amarelas. Para obras literárias mais antigas. E outras com páginas brancas. Dos livros mais recentes.

Ou fazer os dois, e dar ao cliente a opção de escolha. Por que não?

E você? Qual a sua opinião? Branquinhas ou amarelinhas?

Comente. Participe. Dê seu pitaco. Depois do bip, claro.

Bip.

8 comentários:

  1. eu gosto das paginas amarelas.

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto das amarelas, mas concordo que deveriam dar opção de escolher.

    ResponderExcluir
  3. Prefiro páginas amarelas, principalmente porque tenho o hábito de ler a noite e o reflexo das páginas branquinhas cansa.

    ResponderExcluir
  4. As páginas amareladas/beges/ são o tipo de papel utilizado na hora da produção. É um papel mais caro e mais confortável pra leitura, o papel branco é mais barato. Não é que o livro amarele com o tempo, ele já sai da impressão assim. :) Eu acho bem mais confortável, não gosto de páginas brancas justamente por forçar mais a vista durante a leitura. Note também que as páginas amaleradas possuem uma textura melhor e são mais espessas, tudo isso é devido à qualidade do papel usado. Ah, em pocket books são utilizados papeis-jornal, que são aqueles acinzentados. Aí sim, são mais baratos que o papel branco, pois não possuem qualidade.

    Ótimo post!
    Abraços!

    www.camilando.com

    ResponderExcluir
  5. Independentemente da opção pela estética, conforto na leitura, os meus livros com as páginas brancas, na maioria, são os que mais resistem às manchas amareladas, tipo ferrugem. Isso se daria pela qualidade superior dos papéis brancos dada sua composição e processos químicos envolvidos na sua produção. https://www.google.com.br/amp/s/vidadecolecionador.wordpress.com/2012/01/11/porque-o-papel-amarela-e-as-diferencas-dos-papeis/amp/?client=safari

    ResponderExcluir
  6. Os livros de páginas amareladas são geralmente impressos em papel Pólen.

    Fiz uma pesquisa por votação num grupo de leitores perguntando qual eles preferem, e a maioria esmagadora prefere as páginas amarelas. Mais precisamente, 578 votos para as amarelas contra 66 para as brancas.

    E os comentários acima comprovam que a preferência da maioria são as páginas amarelas.

    Eu também gosto mais de ler nas amarelas (pólen soft), porque não cansa muito a vista.

    ResponderExcluir